BONITA MARIA DO CAPITÃO

Com o patrocínio do INSTITUTO BANESE, BANESE CARD, CHESF – Companhia Hidro Elétrica do São Francisco e Assembléia legislativa da Bahia, além do apoio institucional do ÁGORA – Arquitetos & Associados e da UNEB – Universidade do Estado da Bahia, a OSCIP SOCIEDADE Do CANGAÇO lança livro em comemoração ao Centenário de Maria Bonita.



Seguidores

EXPOSIÇÃO

Desde outubro de 2009, a OSCIP Sociedade do Cangaço tem se concentrado na realização de uma série de ações comemorativas ao Centenário de nascimento de Maria Bonita. Com o propósito de ampliar as possibilidades de geração de conhecimento sobre o Cangaço, as ações inauguram novas perspectivas de debate sobre um contexto histórico que, geralmente, silencia a importância da mulher para o Cangaço, deixando assim de propor o desenvolvimento de temáticas que discutem gênero na estrutura política do movimento. Neste sentido, no final de 2011, a OSCIP lança o livro intitulado “Bonita Maria do Capitão”e, em 2012. 
Para o fechamento das comemorações do Centenário, a OSCIP realiza, com o patrocínio do BNB Cultural, a exposição itinerante sobre a emblemática sertaneja Maria Bonita, composta por painéis, objetos, réplicas da vestimenta e apresentação do filme original de Benjamin Abrahão.




Vera Ferreira e Expedita Ferreira. Exposição Bonita Maria do Capitão, 
Palácio Rui Branco, Salvador/BA (8 de março de 2012)


Exposição Bonita Maria do Capitão. Museu da Gente Sergipana, Aracaju/SE. 
(10/07 a 05/08/2012)



Bonecas Cangaceiras - Exposição Bonita Maria do Capitão. 
Museu da Gente Sergipana, Aracaju/SE. 


Expedita Ferreira e o grupo de xaxado "Na pisada de Lampião", 
de Poço Redondo - Aracaju, julho 2012


Expedita Ferreira, filha única de Lampião e Maria Bonita, 
Salvador - março 2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário